Você sabe qual a melhor maneira de organizar os vinhos nas gôndolas?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

A organização do estoque e das gôndolas é uma das tarefas mais importantes para um estabelecimento. Isso porque, a disposição dos produtos influencia diretamente no reconhecimento de valor de cada item. 

Logo, quando se trata de vinhos, uma organização de estoque efetiva consegue dar visibilidade tanto aos mais econômicos quanto aos mais exclusivos. Desse modo, independentemente do interesse do consumidor, ele conseguirá distinguir o produto ideal dentre as diversas opções nas gôndolas.

Tendo isso em mente, se você deseja aumentar as vendas de vinho em seu estabelecimento, confira as 4 dicas que selecionamos neste post!

1. Atenção às temperaturas 

Para a correta manutenção da qualidade dos vinhos, é muito importante que não haja grandes variações de temperatura no local. Geralmente, o mais indicado é que o termômetro não passe dos 20º C. Por isso, a dica é armazená-los em um lugar afastado dos itens refrigerados e em um ambiente bem arejado.

2. Cuidado com o excesso de luminosidade

O excesso de luz também é prejudicial, pois pode provocar alterações no aroma natural da bebida. Inclusive, por conta disso, as garrafas de vinho são escuras, para evitar a ação da luz sobre a bebida. 

No entanto, os raios ultravioletas ainda conseguem penetrar e alterar as bebidas protegidas pelas garrafas mais escuras. Logo, a luz solar, mesmo que indiretamente, não é bem-vinda no ambiente de armazenagem e exposição. Até mesmo na iluminação das prateleiras é interessante utilizar luz led indireta.

3. Informe com a ajuda de peças gráficas

Nem todo consumidor sabe diferenciar o sabor do vinho ao ler o rótulo. Na verdade, poucas são as pessoas que conseguem. Logo, essa a falta de explicação e categorização pode ser muito prejudicial para o desempenho das vendas. 

Isso porque, se o consumidor tem uma certa preferência, mas tenta diversificar e acaba escolhendo um vinho de sabor muito distante (de suave para seco, por exemplo), a experiência pode ser desagradável. 

Assim, oferecer pequenos informativos sobre o que é vinho de reserva e reservado, seco, suave, entre outras especificações pode ajudar na identificação do produto. Nesse caso, as peças gráficas mais interessantes para suas gôndolas são wobbler e o stopper. Uma vez que elas não ocupam muito espaço e são muito práticas de instalar.

4. Crie um grau de importância e destaque

Por fim, é essencial dar valor para os vinhos mais desejados, bem como os mais vendidos. Desse modo, a decoração e o posicionamento têm grande influência sobre o grau de importância e destaque. 

Por isso, para os vinhos mais comprados, deixe-os bem posicionados na prateleira, à linha dos olhos dos consumidores. Já os mais exclusivos e desejados, coloque-os em uma gôndola específica para eles ou mesmo em uma divisão própria. 

Ainda, complemente a decoração com itens feitos de madeira ou até fardos de feno, já que deixar esse ambiente mais rústico também agrega valor ao produto, desde que não comprometa a circulação.

Veja também: qual o tipo de mobiliário utilizar para obter melhores resultados no varejo.

Esperamos que com essas dicas de organização do estoque e das gôndolas, você possa aumentar as vendas dos vinhos. Lembre-se sempre de consultar o consumidor para entender um pouco mais de suas necessidades e dores. Até mais!

Veja outras publicações

Dia da árvore SA

Preservação do Meio Ambiente no Grupo SA

Cuidar do meio ambiente é dever de todos, mas no dia da árvore é um excelente momento para se refletir sobre a importância desse tema. O Grupo SA está atento ao assunto, leia esse post e saiba mais

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho