Apresentação de produtos: 6 erros para não cometer

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Cuidar da apresentação de produtos é uma etapa fundamental para vender mais, já que quando o consumidor entra em uma loja, ele deseja encontrar tudo que precisa facilmente. Porém, para isso, é indispensável que a disposição dos produtos seja organizada e intuitiva.

Pensando nisso, neste post, selecionamos os 6 erros que não se pode cometer na apresentação de produtos. Conheça cada um deles a seguir e aumente o seu potencial de gerar receita. Vamos lá?!

1. Preço trocado ou produto sem preço

Para que seus clientes voltem a comprar no seu estabelecimento, não permita que eles passem por situações desagradáveis.

A facilidade e agilidade são pontos muito importantes para que o consumidor se sinta bem ao observar os produtos do estabelecimento. Justamente por conta disso, deixar itens sem preço na prateleira pode afastar as vendas.

Nesse sentido, preste bastante atenção também para não deixar nenhum preço trocado na hora de expor um produto. Uma vez que isso pode gerar enganos e desconforto para o consumidor.

Dessa forma, assim como é interessante separar profissionais para repor o estoque, o trabalho de etiquetação e verificação também essencial.

2. Produto em falta

Mesmo que o seu estabelecimento tenha uma grande rotatividade de produtos, cuide para que não falte nenhum nas gôndolas. Caso o consumidor não localize o que deseja, pode simplesmente sair sem comprar nada.

Uma dica é deixar um ou mais profissionais da sua equipe para se comprometerem a repor os produtos sempre que necessário.

3. Não dar destaque aos itens em promoção

A maioria dos clientes se sente beneficiada quando paga por menos que o convencional para adquirir um produto. Não é à toa que as promoções são tão importantes em qualquer negócio.

Por isso, é necessário dar destaque aos itens em promoção para que os consumidores tenham ciência que o seu negócio oferece um bom custo-benefício. Quando suas promoções não são tão visíveis, a tendência é os clientes não terem a mesma percepção. Isso, por sua vez, também pode influenciar na fidelização.

4. Aleatoriedade na apresentação de produtos

Apresentar os produtos aleatoriamente é dar oportunidade para que as suas vendas diminuam. Isso porque, a aleatoriedade cansa o consumidor gerando confusão na localização de cada produto.

Dessa forma, frustrar seus clientes nunca é uma alternativa interessante. Por isso, divida bem os setores de cada produto por categorias e organize as prateleiras para que facilite a identificação. Há 3 formas de organização muito eficazes e que valem a pena aplicar nas prateleiras:

  • organizar os itens verticalmente, por produto;
  • colocar os produtos em blocos, por marca; 
  • organizar os produtos horizontalmente.

5. Não considerar o campo de visão do consumidor

Aproveitar o campo de visão do consumidor também tem grande influência sobre o potencial de vendas de um produto. A apresentação de itens dentro do campo visual faz com que a percepção dos clientes seja mais rápida.

A tendência é que o consumidor sempre olhe na linha do horizonte. Logo, os produtos que deseja dar destaque, não devem estar nem muito abaixo dessa linha e nem muito acima dela.

6. Não valorizar os pontos quentes

Dentro de um estabelecimento há diversos pontos quentes que podem ser aproveitados, por exemplo, as quinas das prateleiras e as prateleiras próximas ao caixa, que estimulam a compra por impulso. Dessa forma, utilizá-las para colocar produtos estratégicos pode aumentar seu o ticket médio.

Agora que você conheceu cada um dos erros, esperamos que isso ajude dentro de seu estabelecimento. Portanto, otimize os seus resultados com uma boa exposição.

Veja outras publicações

Dia da árvore SA

Preservação do Meio Ambiente no Grupo SA

Cuidar do meio ambiente é dever de todos, mas no dia da árvore é um excelente momento para se refletir sobre a importância desse tema. O Grupo SA está atento ao assunto, leia esse post e saiba mais

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho